2019 é o ano das mulheres*!

Nós, as mulheres*, temos imensos problemas no trabalho. E, na verdade, porque somos mulheres*. Horários de trabalho que não permitem ter uma vida pessoal normal, falta de consideração pelo nosso trabalho, maus vencimentos que obrigam a que tenhamos dois trabalhos, comentários parvos... Estes problemas afetam principalmente a nós, mulheres*.

Isto porque, as mulheres* ainda são as principais responsáveis por cuidar das crianças e pelas tarefas familiares. Isto não permite manter um trabalho a tempo inteiro ou conjugar de todo o horário de trabalho com uma vida pessoal. O vencimento das mulheres* em muitos empregos é extremamente baixo, porque simplesmente não é dado valor suficiente ao seu trabalho. As mulheres* recebem frequentemente menos dinheiro do que os seus colegas masculinos, embora tenham o mesmo emprego. E, muitas vezes, as mulheres* são sujeitas a assédio no local de trabalho; da parte dos seus colegas, clientes, pacientes, etc.

Em 2019, a Unia quer juntar-se a si para melhorar as condições de trabalho das mulheres*. No dia 14 de junho, há em toda a Suíça a grande greve das mulheres*. Neste dia, as mulheres* vão parar de trabalhar e mostrar que têm direitos.

Nós, as mulheres, temos direito...

...a bons horários de trabalho.

...a um vencimento justo.

... respeito.

...

Mais sobre nós.